Isso é Luta Livre?

Quero deixar claro desde a primeira linha que essa coluna é minha, de minha autoria, e não necessariamente retrata a postura ou pensamento do trabalho TelecatchBrazil, mas a minha opinião sobre os fatos, e portanto de minha inteira responsabilidade.

De tempos em tempos uns certos tipos de fãs de pro wrestling, sim, pro wrestling e não Luta Livre Nacional, começam a assistir WWE, TNA demais ao ponto de tomar uma overdose disso e começam a achar que são lutadores, e com isso, “vendem” uma idéia errada ao público com nomes garbosos como se fossem algo ou como se tivessem algo pra apresentar.

Sinceramente não estou interessado se com esse texto vou desagradar esse ou aquele fã dessa meninada, pois infelizmente se você é fã disso, meu papel deveria ser o de mostrar para você o que é Luta Livre de verdade, assistindo a um show de verdade, com profissionais, mas para isso tem o Youtube com um vasto material, claro tem desde os profissionais até os amadores como os em questão e que acham que são alguma coisa.

Recentemente um grupo desses amadores colocou um vídeo na internet com a volta do “líder” do grupo, o novo Zé Pequeno do pedaço, onde em um H muito mal feito, com pessoas rindo ao fundo, fez uma novela tão ridícula ao ponto de perder o time e a distância necessária para desferir um soco no seu parceiro de H, acertando em cheio o queixo do rapaz, e para completar a merda toda, mostrando que é o todo-todo ainda resolveu aplicar um pilão no seu “adversário” de forma a que de tão mal aplicado que foi (de pernas abertas) fez com que seu “amigo” batesse com a nuca no chão, e um chão que não é um ringue com amortecimento, mas um chão sem molas.

Para quem não viu sobre o que estou falando, segue o vídeo gentilmente editado pelo Rodrigo Fúria:

Visto o vídeo, agora eu pergunto a você que assistiu a isso a mesma coisa que o Fúria questionou no vídeo, “Isso é Luta Livre?”.

Luta Livre é show, espetáculo, e todo mundo aprende desde a academia, quando começa os primeiros passos para fazer Luta Livre a principal regra na Luta Livre, “cuidar do seu colega”. Creio que esse seja o primeiro ensinamento que qualquer aluno de Luta Livre recebe quando começa a treinar, pois você depende do seu colega para tudo. Sem ele no ringue com você, a única coisa que você pode apresentar para o público são rolamentos e quedas e mais nada.

Essa apresentação vexaminosa dessa “equipe” que eu chamaria de grupo, rendeu até mesmo um comentário do Cigano Stiner ao final do TBCast, e com isso, parece que os jovens ficaram chateados com o TB, com o Stiner, com tudo e com o mundo, ao ponto de tentarmos por várias vezes contato com o Tytan em busca de informações sobre eles para publicarmos sem resposta alguma. Até o momento em que obtive uma resposta grosseira por parte do Zé Pequeno, digo, Tytan, digo Thiago, sim pois quem respondeu foi o Thiago e não o personagem, que transcrevo agora para cá:

“Marcos Martins para Thiago no Facebook:
Thiago, eu vou considerar que você, por algum motivo, está me ignorando e ignorando minhas mensagens, tanto por aqui, quanto por email, então só espero que você tenha a hombridade de retornar essa mensagem ao menos.”

“Thiago  para Marcos Martins no Facebook:
Martins, hombridade em mim ou na galera da FILL é o que não falta, se o e-mail não foi respondido antes, te garanto que não foi por falta de motivo. Sobre a ausência de contato, como você mesmo falou em sua coluna, os fãs querem ver luta, certo? De acordo com a suposta demanda do seu blog, não temos material que sirva para ser publicado pelos seus canais (estamos buscando um contato com o diretor de Malhação, não se preocupe). Assim que tivermos algo nos padrões nacionais, entraremos em contato, não por pressão sua ou pra atender sua “ameaça de não nos cobrir mais”, enviaremos pelo simples motivo de que A FILL tem um comprometimento com os fãs e segue um alto padrão ético para atingir o maior número de pessoas possíveis com o trabalho construído. Sempre em prol da Luta Livre onde quer que seja e como seja.
Agradecemos o interesse, quando tivermos material publicado, contribuiremos de coração aberto! Não estranhe o silêncio que voltará a perdurar. Não temos interesse (no caso, eu me incluo) em ter nenhum diálogo com você que não seja o divulgador. Assim sendo, não terá nenhuma dileção por nós (Muito importante, já que isto pode interferir no seu juízo de valores do seu blog, nos preocupamos com isso).
Abração e lembranças ao Stiner. Agradeço por suas palavras e a preocupação com o Raoni, ele está ótimo.”

“Marcos Martins para Thiago no Facebook:
Caramba, finalmente. Pelo que vejo os “meninos” e te incluo neles, ficaram magoadinhos como algo que foi postado por nós. Cara, sempre te tratei com o devido respeito. O TelecatchBrazil não tem uma “suposta demanda”, e conta sempre com acessos inclusive de fãs da FILL (até hoje não sei como, pois pra mim até hoje vocês não apresentaram nada que valha isso), e que ficam esperando ver no nosso trabalho, que queira ou não é reconhecido hoje como um trabalho sério e dedicado a Luta Livre nacional. Se vocês tem interesse ou não em ter o “trabalho” de vocês mostrado no TB não me interessa, me interessa somente informar o público que curte Luta Livre e se pergunta “onde está a FILL”.
Retiro á partir desse momento todos os elogios que um dia possa ter feito a ti, que me parecia alguém sério e responsável.
Pode deixar que darei suas lembranças ao Stiner, e nunca esqueça que com arrogância e prepotência vocês, nenhum de vocês vai a lugar algum dentro da Luta Livre, pois os maiores e melhores até hoje nesse meio sempre foram os humildes, os arrogantes e prepotentes ficaram vendo o sucesso dos demais trancados em seus mundinhos.
Boa sorte para vocês. 
Informo que á partir de hoje notícias da tua turminha que lutadores ratos de praia não interessa mais ao meu “blog” com suposta demanda. Usem o “site” de vocês para divulgar seus vídeos caseiros.
Abraço”

Tem gente que cria nomes pomposos, colocam coisas como FEDERAÇÃO, onde nem sabem o que é necessário para se fundar uma federação, INTERNACIONAL, de onde? de Niterói?, de Luta Livre, como diria o Capitão Nascimento: “NUNCA SERÃO, JAMAIS SERÃO”, e sabem porquê nunca serão? Porque não tem humildade. Porque se acham mais do que são. Porque vivem no Brasil com mentalidade de americano. Acham que o brasileiro gosta de cópia de enlatado americano. E quem gosta disso meus parabéns, só informo a você que você não conhece a verdadeira Luta Livre da nossa terra, da Luta Livre brasileira, você quer é ver a nossa Luta Livre ser destruída e transformada em um lixo cultural norte americano, assim como já fizemos em vários campos da nossa música ao nosso cinema.

Grandes lutadores que até hoje são reverenciados por quem vive no mundo da Luta Livre, como Mister Argentina e Homem Montanha  por exemplo, são exemplos de humildade. Se você conversar meia hora com o Mister, em nenhum momento vai ver ele se vangloriar de nada, muito pelo contrário, de todas as suas histórias você não ouve em nenhum momento ele se enaltecer, mas sempre enaltecer os colegas que tem ao lado dele e que já teve no ringue. Isso é ser profissional.

Eu li das crianças do Rio que o TelecatchBrazil tem uma “suposta demanda”, e que é um “blog de 2 comentários” e que não faço nada de útil pela Luta Livre Nacional. Li coisas mais inúteis ainda numa postagem no grupo deles no Facebook, mas nem vale o comentário. Quando as “declarações” dos “meninos da praia”, só tenho algumas coisas a dizer.

Enquanto o TelecatchBrazil e o nosso trabalho tiver o respeito de verdadeiros empresários da Luta Livre, de gente que realmente faz a Luta Livre se manter viva e respeitada, empresários como Falcão, Homem Montanha, Trovão e Bob Junior dentre outros, gente séria e que batalha a muitos anos pela Luta Livre, lutadores competentes como todos os da BWF e ABRALULI, alguns raros do GDR e alguns raros da Astros do Ringue, ou seja, enquanto esse trabalho for feito em conjunto por um lutador de total credibilidade no meio da Luta Livre, o Cigano Stiner, enquanto tivermos o apoio dos nossos patrocinadores, enquanto isso, não importa o que meia dúzia de meninos acham dele, pois ele vai continuar com seus dois comentários, com seus dois acessos diários (como vocês dizem), e posso garantir que no tempo em que o TelecatchBrazil está no ar, já fez pela divulgação da Luta Livre Nacional muito mais do que vocês, “meninos do Rio” já fizeram um dia ou ainda farão, pois vocês não passam de um grupo medíocre e nunca serão mais do que isso, não pela qualidade que um ou outro têm, mas pela “liderança” de ego inflado que tem, e que já com tão pouco tempo de vida que o grupo de vocês têm já começa a cuspir nos outros trabalhos, como vejo vocês cuspirem no trabalho da BWF e do Bob Junior que foi o primeiro a dar destaque nacional para vocês permitindo que subissem no ringue da BWF para serem vistos pelo Brasil todo.

Prepotência e arrogância nunca foi e nunca irá longe no mundo da Luta Livre, pois querendo ou não, meus amigos, uns dependem do outro. Basta ver que alguns lutadores que hoje estão numa equipe, amanhã estão noutra.

Todo esse texto foi somente para esclarecer a meia dúzia de leitores do TB que não mostraremos mais os “trabalhos” (???) da FILL (??????) por aqui. Quem gosta de Malhação Trash pode facilmente achar algo sobre eles no Youtube e através do Google pode achar algo mais sobre eles. Esse blog sem acessos, feito em casa, por um desocupado que não sabe nada de Luta Livre, um aposentado dos ringues e um…um…Fúria, tem mais o que fazer do que perder tempo com amadores que não representam nada na Luta Livre. Temos que dar retorno ao patrocinador e não é mostrando isso que daremos o retorno esperado, mas fazendo a cobertura séria de trabalhos sérios que faremos isso.

Ressalto mais uma vez, a coluna foi escrita por mim (Marcos Martins) e é portanto de minha inteira responsabilidade.

50 Respostas para Isso é Luta Livre?

  1. Ricke_SCSA disse:

    Meu Deus… Isso realmente não é Luta Livre. Onde já se viu dar um pilão num chão desses com tanta força que foi usada? Nenhuma segurança mesmo. O cara ali que recebeu-o poderia ter quebrado o pescoço na hora.

    Ótimo desabafo, Marcos. Acho que isso não é o que conhecemos de LLN.

  2. Flávio Pacheco disse:

    O que tinha a falar sobre a FILL coloquei no outro artigo que debatia esta equipe, infelizmente não está mais lá o texto que postei! Não sei o motivo, mas acredito que o pessoal da FILL já leu e outras pessoas também, isto é mais importante.

    Só uma coisa acerca do ‘cuidar do colega de luta’, valores como este só são transmitidos quando se tem quem transmita, por isso acredito que é necessário para a FILL procurar um profissional da Luta livre que os ajude, temos Nino Mercury, Trovão, Michel Serdan, Bob Jr, Bob Léo, Igor Lopes e tantos outros.

    Boa Sorte a FILL e cuidado com acidentes!

    • Marcos Martins disse:

      Flávio
      Onde você postou esse comentário que diz não estar mais lá? Gostaria de saber pelo motivo que sou eu quem geralmente modera os comentários e não teria motivo algum para deletar um comentário seu.

      • Flávio Pacheco disse:

        Postei no “O que estamos vendo em 2012 -FILL”, acho que você lembra deste comentário, que depois o Stiner comentou elogiando e tudo mais. Vi agora e não achei meu comentário, nem o do Stiner.

        Valeu!

        • Marcos Martins disse:

          Agora entendi e explico o que houve. Vocês comentaram ainda no antigo template do TB, e o Fúria já havia feito o backup dele para o novo template. Quando ele foi colocar o novo no ar, ainda me questionou se deveria refazer todo o backup, pois só o que tinha á mais de um para o outro seriam esses dois comentários, e por questões técnicas e de tempo, sugeri a ele que não havia a necessidade. Por esse motivo, você não está encontrando seu comentário na postagem.

          • Flávio Pacheco disse:

            Tranquilo, sem problemas!!! Mas acredito que o pessoal da FILL leu e outras pessoas também, sabem do que falo!

            Forte Abraço!

  3. Julio Berbeth disse:

    Ja que vai citar partes do meu comentário no seu texto seja homem para posta-lo na integra, ja basta ter publicado no grupo e depois querer apagar para sair de bonzinho e nós os paranoicos, ja que vai discutir que tenha hombridade.

    …(comentário na integra no grupo da FILL no Facebook)… pra molecagem tão grande que a mascara ate caiu.

  4. Everton disse:

    Me desculpe Marcos Martins eu sei que é um texto de opnião mas querendo ou não isso vai ser relacionado ao trabalho do TB não apenas a voce, eu não teria levado certas opniões a publico e nem publicado aquele video, mas tudo bem esta é uma coluna SUA.

    Espero que os mebros da FILL consigam diferenciar a SUA opnião do objetivo do TB, pq acredito que os leitores do TB tbm queiram saber de noticias da FILL incluindo eu.

    E aos membros da FILL aprendam a lidar com criticas negativas, ser chamado de “malhação” ou “americanizado” foi a pior critica que vcs já ouviram?Provavelmente não.
    Se o TB tem uma media de 2 comentarios por dia esses comentarios são de pessoas que tem interesse de verdade na LLN.

    • Julio Berbeth disse:

      Bom o comentário da quantidade de leitores foi meu, então como um leitor (que é quem realmente importa no fim de tudo, quem acompanha a Luta Livre) se pronunciou vou responder.

      (EDITADO… muito texto desnecessário, se quiser uma coluna candidate-se)

      No caso você Everton viu as cosias alem da postagem e teve uma postagem totalmente sóbria, sem emoções como ambas as partes e novamente peço-lhe desculpas se você como leitor foi desmerecido no primeiro comentário feito.

    • Marcos Martins disse:

      Não tem problema essa coluna ser relacionada ao TB, pois como você já deve ter lido nos comentários do Fúria e Stiner, eles não pensam muito diferente de mim, Everton.
      O principal é que a Luta Livre ainda tem alguns amadores, e que devem ser cortados para não atrapalhar e sujar o nome da nossa Luta Livre. E quanto ao comentário que o “temperado” Julio fez sobre os acessos, ele desmereceu sim todos vocês que prestigiam o nosso trabalho que é feito desde 2009 de forma totalmente voluntária, não ganhamos nada para fazer isso, mas que fazemos com muito prazer buscando informar o público da Luta Livre Nacional.

  5. Pedro Lopes disse:

    Outros veículos são utilizados além desse suposto “blog especializado” para divulgar o trabalho de uma equipe. Hoje em dia temos Facebook, twitter, canais no youtube e ainda o Orkut para divulgar a luta livre GLOBALIZADA feita no Brasil! E veículos esses que temos opiniões de FÃS de PRO WRESTLING que são mais sensatas do que a opinião do “maior blog de LLN”!!!

    Faço desta minha talvez primeira, mas certamente última postagem por aqui, espero que seja aceita por HOMBRIDADE do Martins, até pq não faltei com o respeito em nenhum momento! Só volto a postar aqui se a discussão tiver interessante HAHAUAHUAHAUHAUHAU

    Caso o post morra: galera que quer realmente apoiar a LUTA LIVRE NACIONAL, bora se mexer, assistir, comentar, curtir e ter QUALQUER atitude que mostre que vocês fãs tão vendo, mesmo que não seja uma crítica positiva, a opinião de VOCÊS, os FÃS, é SEMPRE muito bem vinda!!

    Abraços pra quem estiver lendo esse comentário, nos vemos em breve o/

    • Marcos Martins disse:

      Pedrinho, se tem tudo isso de locais para divulgar a sua amada FILL, porque você ainda perdeu tempo em vir comentar aqui no “maior blog de LLN”?
      Pede pro Tio Tytan trocar as tuas fraldas.

      • Marcos Martins disse:

        Pedrinho, segundo comentário num blog sem méritos para isso? Não. Reprovado. Dê seus “pitis” no grupo livre de vocês no Face.
        Abraço

  6. Raoni Warrior disse:

    Bem, eu não vou falar muito como o Julio aí, até porque a veracidade nas palavras dele evita a retórica.

    Só queria deixar claro para todos que nenhum dos dois golpes que eu levei foi feito de forma inconsequente. Claro que tem um jargão na internet que diz “hatters gonna hate”, ou seja, na visão daqueles que nos querem mal, mesmo que eu (a pessoa que levou os golpes) diga o contrário, não será levado em consideração para futuras críticas destrutivas.

    Mas vou tentar mesmo assim:

    O soco: Eu pratico artes marciais de contato desde novo, e a quantidade de golpes contudentes que eu já levei por todo o corpo é imensurável. Invariavelmente o corpo fica calejado, e isso me permite até mesmo me oferecer contínuamente durante os treinos para servir de alvo para que tanto os novatos quanto so experientes treines seus golpes de strike/brawler. Não tenho problema quanto a isso, visto que meus próprios golpes são um pouco mais pesados também, por isso quase funciona como um pedido de desculpas. Existe um tremo no próprio pro-wrestling para isso, se não me engano é “stiff”.

    O piledriver: Nós treinamos muito. Simples assim. O que mais eu poderia dizer? Já levo pildriver do Tytan na areia, no concreto e no tatame a anos, arrisco dizer que eu era a melhor pessoa para levar esse golpe dele, até. O impacto foi nas costas, e não na cabeça. Se vcs perceberem, meu corpo já desce dobrado. Além do mais, o Tytan é tão forte que praticamente mantém meu corpo sustentado durante a queda.
    Qualé né? Isso é treino, só isso.

    Eu sei que esse video não foi a causa de toda essa discórdia, que isso tudo remete a várias coisas passadas, mas como meu nome está diretamente envolvido, resolvi apenas esclarecer as coisas relacionadas aos golpes.

    Podem continuar a discussão se quiserem, mas não ousem usar como base esses dois golpes se não para dizer que foram totalmente seguros (mediante variação de risco X treino). Afinal, ninguém melhor do que EU, que LEVEI os golpes, para dizer.

    ‘Tão ligados?

    • Cigano Stiner disse:

      “Amigos”
      Raoni e os demais jovens da FILL,principalmente o Tytan

      Jovens agora não vou me estender no assunto, pois tenho muita coisa a fazer,mas fiquem certos que vou escrever bastante sim.
      No momento só digo que quem ficou indignado com o que viu no video fui EU e fiz questão de falar no nosso TBCast para que não digam que só falo coisas de outras equipes.
      Tytan, vc errou SIM tanto o soco quanto o pilão, Raoni vc sentiu SIM todos os golpes dados, seria mais simples dizer ..”Pô foi mal!”,pois muitos, inclusive eu, ja erramos golpes e não somos dotados de super força ou temos o corpo fechado pra dizer que não sentimos quando um golpe sai mal.
      Tytan, continuo tendo respeito e admiração pelo que vc faz, tambem reconheço que vcs já tem este estilo de luta e não vão mudar NUNCA,pois o que vi mudar em vcs todos até agora,depois dos videos de treinos na areia, foi apenas que aprimoraram alguns golpes, introduziram outros e que agora os fazem em locais fechados ou em ” shows”, mas que vcs, em geral, ainda tem muito a mudar, a melhorar e a aprimorar isto TEM SIM.
      Se vcs tomaram a postura de não responder ao que falei,no TBCast, muito bem, neste momento vou tomar tambem esta postura de não responder a vcs, sobre eu ter dito “um comentario do tipo ou foi assim ou nunca lutei nada, nunca soube de nada” desculpem mas continuo afirmando….se os golpes não pegaram, se o Raoni não sentiu, se o Tytan não se deu conta que tinha errado….eu realmente NUNCA soube de luta e NUNCA lutei,mas isto vou falar em outra ocasião,ok?
      No momento desejo sorte a vcs todos e a vc Tytan saiba que ainda o tenho como um excelente lutador, que se conseguir se juntar a alguma equipe que realmente faz o estilo LLN, vc será uma grande revelação.
      Fiquem com Deus

    • Marcos Martins disse:

      Raoni
      Seu segundo “texto” não foi aprovado pelo excesso de baixo nível nos comentários. Obrigado. Abraços ao Chuck Norris.

  7. Rodrigo Furia disse:

    É, Raoni, lamento informar mas você tem razão quando deduz que não faz diferença alguma vice vir aqui dizer que você é o discípulo do Steven Seagal, que treinou no templo budista no Tibet, o que tornou seu corpo resistente aos golpes como puro aço!

    Ah, por favor, e aquela cara vermelha, olhos fechados e NÍTIDA tontura, foi o que? Interpretação? Você não tem competência pra isso, meu velho.

    E o “piledriver”, pilão ou seja lá como queiram chamar? Não pegou? Aquele estrondo que se ouve nitidamente no vídeo foi o que? A bunda do Tytan no chão?

    Olha, vocês podem vir aqui com comentários de 700 linhas, podem questionar a utilidade, os acessos, os comentários do TB, seja o que for. Não importa, sabe por quê? Porque o que fazemos aqui é para fãs de Luta Livre Nacional, coisa que vocês não fazem.. e para PROFISSIONAIS da Luta Livre, coisa que vocês NÃO SÃO.

    Peço desculpas a algum leitor do TB que achar minhas palavras ofensivas, mas cada um sabe onde lhe aperta o sapato e eu cansei de ver esses mulekes da FILL se achando lutadores e falando o que quiserem com base nisso.

    Tenha NO MINIMO vergonha na cara de assumir que o H foi uma porcaria, que os golpes foram mal executados e que você, Raoni, saiu de lá dolorido SIM.

    Ok, todo mundo erra, bola pra frente.

    Mas virem com papinho de treino, de “resistência a pancada”, de Tytan super mega forte te sustentou no ar? Ah, faça-me o favor.

    E já que gostam de discutir hombridade, sugiro que o Thiago venha proferir suas PRÓPRIAS palavras aqui, porque depois dizem que o TB é quem tem “puxa-sacos” que comentam a nosso favor, mas é só falar na FILL e a creche do Tio Tytan entra em ação.

    Tytan, seja homem e diga você, diante desse video, que você não errou.

  8. Marcos Martins disse:

    Eu já não estava com vontade alguma de bater boca aqui com a creche do Tio Tytan, quando abri hoje o TB e dei de cara com verdadeiros textos de pseudo intelectuais e grandes lutadores como os experientes da FILL, confesso que não li metade, pois estão muito grandes e estou com preguiça de ler, mas agora depois de ler o comentário do Fúria tive a certeza de que não preciso perder meu tempo debatendo nada com vocês caros amadores. O que eu tinha para dizer e ainda perder meu tempo com vocês, já disse na coluna.
    Adeus crianças, vão aprender a fazer Luta Livre.

  9. Marcos Martins disse:

    Alex Vieira
    Desculpa amiguinho, mas não vou liberar seu comentário devido ao baixo nível das suas colocações. Abraço

  10. F. Corbari disse:

    Sem entrar no assunto de humildade e afins que foram retratados no texto, e só passando minha opinião sobre o vídeo postado…

    Achei o segmento interessante, foi bem construído ao meu ver. O soco pegou? Aparentemente pegou, e um soco em cheio no queixo derruba qualquer peão (embora não achei que foi tão em cheio assim). E o golpe final foi arriscado e justamente por isso, bacana de ver, não foi tão mal aplicado assim, ao meu ver (como o que Steve Austin levou do Owen Hart, onde a peso foi total no pescoço), parece que pela curvatura do Raoni, peso caiu sobre o trapézio dele, e claro, bateu a cabeça no chão (obviamente) mas não com tanto impacto assim…

    Enfim, tirando os critérios técnicos, acho sacanagem ficar intitulando os caras de amadores, que isso não é luta livre e afins, porque se erraram, foi porque tentaram fazer algo novo, arriscado e credível. Sinceramente, gostei do segmento, e acharia ruim se o soco passasse centímetros da cara do Raoni e se nem o pilão tentassem.

    Ok, é um estilo “americanizado”? é! mas não deixa de ser um estilo de luta livre que eles tentam construir, e devia, porque não, ser apoiada também. Sacanagem chamar o grupo de amadores, que são ruins, e tudo mais. Tenho conhecimento do Tytan e do Raoni pelo menos desde 2008, e naquela época eles já estavam há um tempo treinando e aprimorando o “show” deles.

    Não sou um fã da FILL declarado. Assisto um ou outro vídeo quando é postado na internet e em blogs que visito, e sempre achei as apresentações bacanas, onde tentavam inovar e trazer golpes novos, pouco vistos no Brasil e acho que eles fazem uma boa “luta livre” sim. Precisam melhorar em alguns aspectos? Sim, claro, muitos, assim como as outras empresas/federações/seja lá como digam de Luta Livre no Brasil…

    Tantos outros, até aqui mesmo no Brasil, fizeram golpes e segmentos bem mais arriscados e perigosos do que esses, e erraram muito também, machucaram seus “companheiros”… Acontece quando se tenta algo assim…

    No mais, abraço a galera aí….

    • Marcos Martins disse:

      Obrigado por expôr aqui a sua opinião, Fabio. Com certeza ela é respeitada por mim. Se os meninos têm alguma qualidade…bom aí vai da visão de cada um. O que acho intolerável em quem quer que seja é a prepotência e a arrogância, e isso tem sobrado nesses rapazes, e foi o ponto máximo para gerar essa coluna. Se não aceito arrogância e prepotência de um profissional de anos dentro da Luta Livre, certamente não aceito de gente recém chegada no mundo da Luta Livre.
      Abraço

    • Cigano Stiner disse:

      Amigo F.Corbari
      Vc tem razão em boa parte de seu comentario e eu sempre reconheci, nestes meninos, algum talento.
      Mas o que mais me deixou indignado foi ver que os golpes pegaram SIM, mas não teve o reconhecimento deles, pois como já respondi..eu tambem errei varias vezes alguns golpes, assim como erraram comigo, apenas eu reconheci e os colegas tambem quando alguem falou, não sei se na hora, depois, nos bastidores eles reconheceram entre eles, só não querem confessar de publico, mas é isto que seria bonito de ver, o reconhecer que saiu mal um golpe simples.
      Mas não tiro, de forma alguma, os méritos que eles tem, principalmente o Tytan, pois gostei de mais da luta que ele fez com Nocaute na BWF, e sei que o cara tem talento, mas não posso dizer o mesmo dos demais “amiguinhos da FILL”, mas reconheço que eles tem talento para este tipo de trabalho, mas para o que se diz Luta Livre, pra ser mais preciso..Catch-as-Catch-Can..Luta espetaculo,isto não vejo neles, mas como alguem ja escreveu…talvez por falta de uma pessoa realmente ligada a LLN é que eles tem esta forma de apresentação,mas….
      É isto cada um mostra o que tem e o que sabe, me perdoem posso estar errado, mas de LLN eles não sabem, mas a forma que fazem…tudo bem sigam em frente.
      Fique com Deus F.Corbari

  11. MKO disse:

    PRA MIM! ISSO É WRESTLING! Não importa o que os outros digam, e fez este texto enorme, e não mudou minha idéia…por mim eu dava força pra esses caras aí!

    • Marcos Martins disse:

      O texto enorme, como você diz, não tem a intenção de mudar a idéia de ninguém, somente expressei a minha e os motivos que não vamos mais cobrir o “trabalho” deles aqui. Você pode seguir dando força pra esses caras no canal deles no Youtube, e nas mídias sociais deles.

  12. chino rapper disse:

    sempre disse! tem muito paga pau de americano! querendo fazer loucura! sem treinamento especifico! ao meu modo de ver a luta livre americano é um lixo! simplesmente um lixo! eu sempre digo! eu dou mais valor ao cheiro da (EDITADO) do que na wwe, tna, e tantas outroas por ai! é um espetaculo bonito luzes e som.ja a luta nunca me agradou, soquinhos pisando no chão! é muito feio! cara! muito chato! ce os caras de la ja são uma (EDITADO)! imagine os que querem imitar fazendo tudo igual! a wwe ja adverte isso no programa dela, não façam isso em casa! nem na escola … nem em lugar nenhum….. kkkkkkkkkkkkkk

    o (EDITADO) é que tem um monte de fazinho de (EDITADO) que adora aquela porcaria,assim como amam o tio sam ( esses manes estão esperando os usa invadir a amazonia e fazer daqui uma colonia) ai ele vao amar ( eles amam os states mesmo! duas coisas que mais odeio é paga pau de argentino, e paga pau de americano ( seu (EDITADO) esses povos odeiam o brasil la vc é tratado como macaco pra baixo) e a respeito da luta, a unica escola digna de respeito ultimamente e a japonesa e a mexicana! o resto é resto! homens bombados ao extremo dando soquinho e pisando nochão, e ediotas pelo mundo fazendo o mesmo sem prudencia alguma.

    a primeira coisa que aprendi na academia foi (lembro como hoje o mestre davi me falou)

    não faça o que não sabe
    cuide do seu amigo
    nao imite os outros

    imitadores baratos! showzinho sem emoção! patifes paga pau de gringos!

    essa é minha opinião

    chino rapper desde 1999 eu subo nessa (EDITADO) então posso falar

    • Já vieste pra Argentina alguma vezes? Como pode escrever que eles odeiam os brasileiros?
      Moro na Argentina há 7 anos, e nunca fui mal tratado, ao contrário, sou super bem tratado só por ser brasileiro.

      Acho que ser paga pau de norte-americano é ouvir rap, cantar rap ou ser rapper… pra um bom entendedor meia-palavra basta.

      • chino rapper disse:

        Não vamos mascarar a verdade! Os argentinos odeiam os brasileiros ! ou vcs não assistem TV! Moro em uma região que hoje vive e concentra centenas de famílias bolivianas, que dizem o mesmo! Dos argentinos! MUITOS FORAM TENTAR A VIDA LA, E 85 POR CENTO DELES VIERAM EMBORA DEVIDO AS PRECONCEITO.
        E os americanos não precisa nem falar NÉ! mas o assunto aqui principal é outro!
        Ah tava esquecendo amigo o rap não foi inventado no USA, SÓ PRA VC SABER TÁ!

        • Cigano Stiner disse:

          Sr.Chino
          Realmente o papo aqui é outro mas não entendo muito de musica e sua historia, porém, se vc é um rapper,com certeza foi influenciado por um estilo americano,assim como os “amiguinhos da FILL” e muitos outros foram, e são influenciados pelos americanos tambem, afinal a cultura americana tomou,e ainda toma um pouco,o espaço de muita coisa em nossa cultura,mas quanto aos argentinos eu posso te garantir que nosso preconceito sobre eles é muito maior que o deles por nós,cara eu iniciei minha vida de luta no meio deles e ainda convivo com muitos amigos argentinos, e tenho amigos brasileiros morando la, e não existe isto não,assim como tem muitos deles que nunca mais sairam daqui,porque tambem não pensam neste preconceito tolo que dizem existir.Te pergunto Chino, vc conviveu, ou conhece bem, o Mister Argentina? Se conhece vc muda de ideia sobre o que vc falou.
          Mas como vc disse o assunto não é este e sim as pessoas que são influemciadas por outras culturas,como a americana no meio da LL,mas não os condeno, pois foi isto que viram por muitos anos devido ao esquecimento de nossa LLN no nosso pais, o que reclamo é…se tem talento pra imitar este tipo de luta, podem muito bem mesclar e fazer bem e dar sequencia a nossa LLN com mais estilo,só isto.
          Fique com Deus

        • Bom, agora vc já começou a delirar meu camarada, eu disse que moro há sete anos aqui e não digo, eu te afirmo que os argentinos gostam dos brasileiros.
          Te peço com gentileza que não invente histórias.
          E a única pessoa que mascara a verdade aqui é vc, que disse que estaria no SBT e na TELEFE (que é uma tv argentina, aí vc pagando pau pros argentinos hahahaha). Vê que vc só fala bobagens né hehehe.
          Isso são coisas que vc diz, eu não invento nada hahahha.

          Mais uma coisa…
          Me admira que os bolivianos falem mal da Argentina ou que foram mal tratados aqui… aqui há mais de 3 milhões de bolivianos documentados, sem contar os que não têm documento, eles trabalham aqui e vivem numa boa.

          Insisto, tá vendo como vc só fala bobagens… hehehehe

          Ok Chino o Rap não foi inventado nos Estádos Unidos…. Então vc paga pau pra quem? hahahaha

          Ahhhh nesse papo de Rap eu me redimo… o Mano John é 100% Brasil é um cara muito gente, faz um rap legal e não é paga pau.

          Marcos, não onde tu está com a cabeça que não deu uma coluna pro Chino! Nossa esse cara sabe mesmo hahahaha.

          Abração!

          • Marcos Martins disse:

            Não gostei do comentário de “dar uma coluna po Chino”, tá tentando insinuar que “qualquer um pode escrever qualquer besteira aqui”?

          • Não Marcos, não tentei insinuar nada, toda vez que tenho que dizer eu falo diretamente, n£ao insinuo.
            A conclusão foi tua, e foi tomada errada no meu ponto de vista.

            Eu quis ironizar porque o Chino acha que sabe tanto, e ironizei que ele deveria ter uma coluna aqui, na realidade o comentário foi de valor ao Telecatch Brazil, dando crédito ao site e não pra diminuí-lo. Se eu não gostasse não estaría aqui comentando.

            É lógico que um comentário não pode agradar à todos, mesmo que seja bem intencionado.

          • Marcos Martins disse:

            Tá precisando de mais bom humor, meu amigo, pois obviamente sei do seu conceito quando ao TB e a nós, e meu comentário foi no sentido de aproveitar o embalo do teu.

          • Faltou foi intendimento hahaha bom humor eu já tenho.
            Por isso eu sempre coloco um hahaha ou uma carinha assim 🙂
            hahahaha
            Abração!

    • Cigano Stiner disse:

      Sr.Chino
      Mais uma vez vc diz besteiras e algumas coisinhas certas.
      CERTO : “homens bombados ao extremo dando soquinho e pisando no chão”
      BESTEIRA:”paga pau de argentino” “esses povos odeiam o brasil”
      “unica escola digna de respeito ultimamente e a japonesa e a mexicana!”
      Senhora China, digo Senhor Chino, explico….
      O que concordo com vc é esta parte onde esta “CERTO”
      BESTEIRAS
      1) Convivi e ainda tenho inumeros amigos argentinos e NUNCA senti, ou vi, qualquer ódio deles em relação a brasileiros, o que existe é o que tambem tem de nós para eles..uma certa rivalidade e gozação em alguns pontos esportivos e quanto a escolas de lutas,vc se engana no modo de falar…explico: Nossa escola de luta sempre foi,e continua em partes, a escola argentina que no seu começo tambem pegou muito da escola Mexicana,mas falar em escola japonesa…por favor né ! Japonesa o que fazem bem são acrobacias,show e nada mais.
      Portanto, como diz o Reginatto “ser paga pau de norte-americano é ouvir rap, cantar rap ou ser rapper..” se vc faz tudo isto, como pode escrever o que escreveu,sobre paga pau??? Vc é um dos maiores neste nosso meio….rsrsrsrsr
      Fique com Deus

      • Everton disse:

        “homens bombados ao extremo dando soquinho e pisando no chão”

        Bem, isso estaria certo se TODA a luta livre americana se resumisse a WWF anos 80 (Ultimate Warrior , Hogan e etc) mas ela é MUITO mais abrangente que isso, acho que o Chino como lutador e responsavel por uma equipe de luta livre com todo respeito deveria abrir um pouco mais a mente e mudar esse conceito errado sobre a luta livre americana.

        A grande vantagem da luta livre americana é a individualidade de cada lutador tanto em personagens quanto em estilo de luta, não é como no mexico onde a maioria dos lutadores usam mascaras e repetem quase todos os mesmos golpes ou no Japão onde boa parte dos lutadores nem se quer usam personagens.

        • Cigano Stiner disse:

          Amigo Everton
          Concordo com vc , em partes, pra mim qualquer estilo de luta vale a pena aprender,principalmente luta livre espetaculo, pois é esta que eu defendo.
          Quanto aos americanos, gosto de ver algumas coisa que eles fazem, tem muito golpe que realmente devem ser imitado,ou pelo menos tentar fazer bem feito,o que não gosto é que eles tem uns caras bombados,sim, mas fazem algumas,não afirmo todas, lutas que é muito mais coisa de cinema do que luta e muitos golpes,principalmente pancadas,são tão falsos que chegam a ser rediculos e se eu reclamo de algum lutador nosso,brasileiro, fizer algo parecido e falso, porque não ser coerente e reclamar dos americanos tambem?
          Vou dar um exemplo de um lutador,que é brasileiro,que não vive aqui e pra mim foi de estrema felicidade ver ele atuando,pois sua expresão corporal,o modo com vende os golpes, como registra(sente)os golpes me dava a impressão que a mascara fazia parte de seu rosto..ZUMBI,e é isto que eu falo ser um lutador que sabe usar seu lado cênico.Quanto ao estilo japonese, realmente continuo achando que são bons acrobatas.
          Fique com Deus

      • chino rapper disse:

        stiner o rap não foi inventado pelos americanos! tá
        digita no google e vera a historia.

        • Marcos Martins disse:

          “Rap (em inglês, também conhecido como emceeing) é um discurso rítmico com rimas e poesias, que surgiu no final do século XX entre as comunidades negras dos Estados Unidos. É um dos cinco pilares fundamentais da cultura hip hop, de modo que se chame metonimicamente (e de forma imprecisa) hip hop. Fonte: Wikipédia”

          Agora não vai querer dizer que o teu RAP é o jamaicano, da década de 60, porque se for, então até a tua vestimenta está errada.

          • chino rapper disse:

            pesquisa mais um pouco tá! nao acredite em tudo que o wikipedia diz

          • Marcos Martins disse:

            Tá bom, Chino, vou acreditar que a origem do teu RAP é jamaicano, as roupas, bonés e correntes não tem nada á ver com a cultura jamaicana, só para teu esclarecimento.

        • Cigano Stiner disse:

          Sr.Chino
          De agora em diante vou chamar vc de Mister Chino Jamaica Rapper….hehehehehhe
          Fique com Deus

          • Igor Lopes disse:

            Ao contrário de luta livre, tem pessoas que deveriam trabalhar com programa de comédia. O nível cultural e de conhecimento da pra baixo de zorra total, mas o povo gosta…

  13. Gian disse:

    Aos responsáveis do TB:

    Sou um recente telespectador e admirador da Luta-Livre. Cerca de 1 ano.
    Gostaria de dizer que este, é um dos poucos sítios da modalidade que ainda frequento. Afinal, baseado em outros endereços, ficar lendo sobre como foi o café da manhã ou oq fez durante o fim de semana dos autores não me educa em nada sobre o assunto.

    Porem, tenho lido pacientemente há algum tempo artigos e discussões como essa por aqui.

    Me arrisco em declarar, em nome de pessoas como eu, dispostas a aprender e praticar a verdadeira LLN, aos autores que embora não conhecemos o “esporte” tão bem como vcs, jamais consumiremos e daremos valor a produções como essas que nossos parceiros cariocas estão fazendo.

    Toda semana venho, mas me vejo obrigado a ler essas briguinhas de adolecentes que aindam não tomaram coragem de desligar o seu computador e sair pra trabalhar com oq gosta de fazer.

    Antes de perder este hábito, peço ao TB que mude sua postura quanto alguns profissionais do esporte.
    abç.

    • Marcos Martins disse:

      Com certeza, caro Gian, é o que faremos. O TB existe para mostrar os trabalhos de profissionais de Luta Livre para o público que gosta e quer acompanhar notícias e informações sobre a modalidade. Essa coluna se fez necessária somente para deixar claro aos leitores os motivos pelos quais não verão mais informações sobre amadores por aqui.
      Obrigado pelo seu comentário.

  14. Igor Lopes disse:

    FILL faz o que acredita, TB reverencia o que gosta.

    Acho que é hora de cada um fazer o que bem entende sem dar pitaco no trabalho alheio, pois hoje o comportamento é esse, e daqui uns anos, tudo muda.

    Tudo requer entendimento, evolução e vivência.

    Deixa a vida acontecer.

    Abraços

    • Marcos Martins disse:

      Não é bem assim, Igor, “TB reverencia o que gosta”. O TB mostra o trabalho de quem tem trabalho para mostrar e mostra o trabalho de quem respeita também o trabalho do TB, pois não vamos ficar correndo atrás de quem está pouco ligando para “meia dúzia” de leitores, para “paga paus de gringos”, ou para “macaquinhos amestrados”.
      O TB existe para divulgar trabalhos sérios voltados a Luta Livre Nacional. Quanto aos pitacos, o TB sempre dará, pois não somos imprensa paga, aquela que as pessoas pagam para ver suas matérias publicadas como gostariam que assim fossem, portando sempre tem um pouco das nossas opinões quando o assunto assim permite.

      • Igor Lopes disse:

        Devo ter me expressado mal. Reverencia no sentido de “fala sobre, contempla com noticias e matérias, coisas do tipo”.

        Sem mais, num quero polêmica.

        • Cigano Stiner disse:

          Amigo Igor
          Claro que foi apenas um modo de se expressar,mas entendi sim e vc tem razão absoluta.
          Mas como algume já escreveu,desculpa não lembro quem,as coisas só se arrastam em comentarios diverso, quando são polemicas e eu gostaria muito de escrever somente sobre luta,sobre o show, sobre os personagens,mas fazer o que se nem todos aceitam criticas.
          Fique com Deus

        • Marcos Martins disse:

          Tá sensível? Nem pensei em polêmica, só esclareci pela interpretação que dei ao comentário do amigo.
          Abraço

  15. Marcos Martins disse:

    Chino, menos ok?
    Aparecer aqui para dar esclarecimentos que o público da Luta Livre Nacional espera até hoje sobre o seu tão falado canal de tv aberta que a Astros do Ringue estrearia esse ano, ou sobre os mexicanos que estariam chegando com o cinturão que seria disputado na Astros do Ringue, você não se presta, agora pra tentar polemizar e ainda tentar sair por cima pra isso você aparece aqui. Menos. Quer cartaz, faça por merecer. O assunto aqui é FILL e não seus devaneios contra culturas estrangeiras e sobre a origem do RAP ou Hip Hop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.